Zé da Velha e Silvério Pontes | Bate-Papo

18 de Agosto de 2014

Nascido em Sergipe, Zé da Velha foi influenciado musicalmente pelo pai, alfaiate profissional, flautista e saxofonista amador. Já morando no Rio aos 15 anos, começou a tocar trombone. Já tocou com Jacob do Bandolim, Waldir Azevedo, Copinha, Abel Ferreira e muitos outros. Já Silvério Pontes nasceu em Laje do Muriaé (RJ) e é considerado o único trompetista brasileiro que hoje se dedica exclusivamente ao choro. Tocou com vários artistas da música brasileira como Tim Maia, Luis Melodia, Cidade Negra, entre muitos outros.

Perguntas

  1. Na música "Pra quê discutir com madame" eu percebi que você faz comentários com o seu trombone, isso acontece mesmo?
  2. Quando eu vi o setlist eu não entendi porquê o "Sem Compromisso" estava com o "Pecado Capital", você juntou pela linha melódica?
  3. Charles, é diferente o violão do chorinho do violão de gafieira?
  4. Me fala um pouco do cachimbinho.
  5. A bateria da gafieira é uma bateria específica?
  6. Vocês nunca pensaram em um vocalista ou parceria com um cantor?
  7. Onde vocês tocam no Rio de Janeiro?
  8. Zé, você que tocou com o Pixinguinha, tem os seus fraseados por influência dele?
  9. Como foi pensada essa nova formação não convencional, os arranjos quem escreve e como o grupo se reúne?
  10. Tem novos compositores desse gênero, Silvério?
  11. Zé,você acha que a música traz longevidade?
  12. Seu pai foi trompetista e qual foi a influência dele em você?
Voltar ao topo

Programação SescTV

31 de Agosto

  • 08:30Passagem de som - Heraldo do Monte (Livre)
  • 13:00Passagem de som - Ruído/MM (Livre)
  • 13:30Instrumental SESC Brasil Inédito - Ruído/MM (Livre)
  • 18:00Instrumental SESC Brasil - Macaco Bong (Livre)
  • 22:30Passagem de som - Frank Hezberg Trio (Livre)
programação completa